Centro Cultural Pró-Música
Juiz de Fora - MG - Brasil  


Local dos Cursos


Conservatório Estadual de Música e Instituto Estadual
de Educação sediam cursos


Divulgação
Conservatório oferece salas e o auditório principal aos
participantes do evento.

Este ano, as aulas da 19ª edição do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga acontecerão no Conservatório Estadual de Música Haidée França Americano e no Instituto Estadual de Educação (Escola Normal). A parceria com as instituições disponibilizará aos mais de 600 participantes uma estrutura de 46 salas, sendo 30 no Instituto, que oferece, ainda, o salão nobre para o evento. O restante de salas será no Conservatório, que também cede seu auditório principal para a preparação dos músicos.

A diretora do Conservatório, Betânia Maria de Araújo Mota, ressalta que a instituição procura ser sempre democrática, colaborando com todo tipo de manifestação cultural. “Não seria diferente com um evento tão representativo. O Festival é uma referência para nossa cidade e temos um enorme prazer em contribuir”. O Conservatório Estadual de Música França Americano foi fundado em 1955, por meio de uma lei estadual. Hoje atende em média a 1.200 alunos nos cursos que vão de educação musical à formação profissional.

O Instituto Estadual de Educação foi criado em 1928 e atende atualmente cerca de 3.500 alunos, da educação infantil ao ensino médio. O Instituto também oferece cursos profissionalizantes. Segundo a diretora, Regina de Oliveira, todo processo de educação é importante, por isso, considera fundamental o apoio ao Festival. “É uma forma de incentivar um evento que proporciona cultura e conhecimento para muitos”, completa. A superintendente regional de ensino de Juiz de Fora, Nyrce Villa Verde Coelho, destaca a importância de o Instituto Estadual de Educação sediar o Festival, já que o estabelecimento educacional é considerado referência do magistério e da cultura em Juiz de Fora. “O Festival ensejará o convívio dos alunos com diferentes produções artísticas de distintas épocas, ampliando a sensibilidade, a percepção, a reflexão e a imaginação, criando oportunidades para o fazer musical.”



Centro Cultural Pró-Música
promusica@terra.com.br