Fazer arte é um dom, popularizá-la é nosso compromisso.

DVD pró - música
Ampliar

Produtos
Pró-Música

Conheça Cds, publicações e DVD



CDs Festivais

DVD pró - música
DVD

CDs Luis Otávio
Luís Otávio

Grupos do Pró-música
Grupos
Pró-Música

Publicações Pró-Música
Publicações
Concurso Nacional de Cordas Paulo Bosísio


Os vencedores do 12º Concurso Nacional de Cordas Paulo Bosísio

Concurso de Cordas - 2007

Mateus de Castro Machado Freire e Priscila Vargas Pellanda dividiram o primeiro lugar no violino categoria A, sendo considerados destaques do evento. Ele, que havia conquistado o primeiro lugar no 9º concurso e o prêmio de melhor estudo na última edição, volta a ser reconhecido pela comissão julgadora como um dos melhores instrumentistas da faixa. Priscila também já havia subido ao palco do Pró-Música em 2003, quando conquistou o primeiro lugar no concurso.

Na categoria B, também houve empate na primeira colocação com as interpretações de Luísa Neiva de Castro e Paulo André Hubner. Uma particularidade no currículo dos dois é a participação em edições do Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, promovido pelo Pró-Música. Já na categoria C, o primeiro lugar ficou com Sarah Fernandes Araújo de Souza. Durante as provas, ela executou obras de Kreutzer e Vitalli na primeira fase e Camargo Guarnieri e Mozart, na segunda.

Além dos valores em dinheiro destinados também a primeiros e segundos lugares de viola, violoncelo e contrabaixo (ver quadro), os jurados concederam prêmios especiais. O violinista Renato Marins Yokota arrebatou, além do segundo lugar na categoria B, duas premiações especiais: momento especial de arte (arco de violino de Gustav Prager) e melhor Intérprete de Música Brasileira (R$ 300). O prêmio de melhor estudo ficou com Daniel Augusto Moreira, que ganhou R$ 300 de Ole Bohn. No ranking dos premiados está, ainda, Paulo Henrique Assunção de Almeida, eleito o melhor pianista acompanhador.

A seleção

Os músicos foram submetidos a duas provas: uma eliminatória e a final, ambas com programa preestabelecido. O desempenho dos concorrentes foi avaliado por Ole Bohn, Guerra Vicente e Ludmila Vinecka, que mantiveram a tradição de reunir, na comissão julgadora, nomes de referência no ensino e na interpretação da música erudita.

O evento foi aberto no dia 12, com concerto da Orquestra de Câmara Pró-Música e o duo formado por Guerra Vicente (violoncelo) e Ludmila Vinecka (violino), sob regência do maestro Nelson Nilo Hack. As provas públicas aconteceram no sábado e no domingo, durante todo o dia, no Teatro Pró-Música.

Violino

Categoria A

  • 1º lugar - Matheus Machado de Castro Freire e Priscila Vargas Pellanda

Categoria B

  • 1º lugar - Luísa Neiva de Castro e Paulo André Hubner
  • 2º lugar - Pedro Miszewski da Roza e Renato Marins Yokota

Categoria C

  • 1º lugar - Sarah Fernandes Araújo de Souza
  • 2º lugar - Samantha Barros Silveira

Violoncelo

Categoria A

  • 1º lugar - Rafael Cesário Oliveira

Categoria B

  • 2º lugar - Dora Utermohl de Queiroz

Viola
  • 1º lugar - Eric Schafer Licciardi
  • 2º lugar - Bruno Costa de Luna Cardoso e Diermerson Sena Silva

Contrabaixo
  • 1º lugar - Vinícius Frate Paranhos.

Premiações especiais

Já previstas

Prêmio "Ole Bohn"

  • Melhor Estudo para Daniel Augusto Moreira (R$ 300)
  • Prêmio momento especial de arte(arco de violino de Gustav Prager) e
  • Melhor Intérprete de Música Brasileira (R$ 300) para Renato Marins Yokota
  • Prêmio Pianista Acompanhador para Paulo Henrique Assunção de Almeida

Criadas na hora devido ao desempenho dos participantes

  • Prêmio Talento Especial para Ayrton Coelho Pisco (com 12 anos concorreu na categoria A de violino e ganhou R$ 300)
  • Bolsa de estudos de um ano para Yuri Reis Corrêa concedida por Paulo Bosísio
  • Menção honrosa:
  • Jessé Máximo Pereira (viola)
  • Gustavo Rodrigues Lima (violino categoria C)
  • Daniel Augusto Moreira (violino categoria B)
  • Yuri Reis Corrêa (violino categoria B)


Desenvolvido por Crystiam Kelle